Perguntas mais frequentes

Insect Bye Dedetização RJ

Perguntas Mais Frequentes

Perguntas frequentes: Desinsetização, Desratização e Descupinização

1 – O produto químico é um só, para eliminar todos os insetos? Não. Na verdade, os produtos químicos utilizados pela Insect Bye são diferentes e específicos para cada inseto. Por exemplo, trabalhamos com uma isca Gel para barata e outra para formiga.
2 – Para residências, é necessário realizar a dedetização de forma periódica? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
3 – Os produtos utilizados na dedetização são seguros para as pessoas e animais domésticos? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
4 – Após a aplicação dos produtos os insetos morrem de imediato? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
5 – Quando posso limpar o local após a dedetização? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
6 – Qual a diferença entre os produtos utilizados pela Insect Bye e o que encontramos nos supermercados? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
7 – Em qual regularidade devo dedetizar e desratizar o meu comércio? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
8 – Sou sindico de um edifício, qual a regularidade dos serviços de dedetização e desratização? Todas as vezes que entramos em casa com produtos oriundos de mercados ou feiras, existe uma grande chance de vir junto insetos. Por isso aconselhamos a dedetização periódica, para proteger os ambientes.
9 – Na dedetização contra barata e formiga é necessário retirar os mantimentos dos armários? Não é necessário retirar os mantimentos nem as roupas dos armários. Nesses locais a aplicação é feita com isca a Gel, aplicado nas dobradiças, com exceção nos casos de grande infestação.
10 – Por que no verão vejo mais baratas? De uma maneira geral, a reprodução e proliferação dos insetos é bem maior no verão. Nesse período é ainda mais importante a adoção de medidas preventivas e a dedetização.
11 – Todas as baratas são iguais (da mesma espécie), as menores são as mais novas e as maiores as mais velhas? Não, na verdade existe mais de 5.000 espécies de baratas. Nas cidades as mais comuns são:Barata Americana: ela mede de 3 a 4 cm, vive em média 4 anos e a encontramos normalmenteem bueiros, estacionamentos e áreas externas.Barata Germânica: ela mede de 1 a 1,5 cm, vive em média 1 ano e a encontramos normalmente em cozinhas, dispensas e áreas internas.
12 – Na dedetização contra formiga é possível atingir a rainha do formigueiro? Com a aplicação correta da isca a Gel as formigas operárias, que saem do formigueiro a procura de alimentos, comem a isca e esse produto fica no seu tubo digestivo, sendo regurgitado dentro do formigueiro, onde a rainha se alimenta e é contaminada com o produto.
13 – Vovó dizia que formiga faz bem para os olhos, existe algum risco em conviver com as formiguinhas na cozinha? As formigas andam muito e não fazem distinção de caminhos por isso, passam por cima de fezes, esgotos, ralos e ainda se alimentam de outros insetos como as baratas. Por isso, alguns cientistas acreditam que na média as formigam carregam com si mais tipos de bactérias do que as baratas.
14 – Os bichinhos que rodeiam a luz são cupins? Sim, a colônia de cupim é um sistema muito organizado e quando há falta de alimento com a colônia muito cheia, os jovens chamados de alados, são expulsos. Nessa fase da vida eles possuem asas e são atraídos pelas lâmpadas, logo em seguida as asas caem e eles formam novas colônias.
15 – O cupim come tijolo ou concreto? Não. O cupim se alimenta de celulose e seus derivados, mas ele utiliza as falhas e fendas das estruturas para fazer os seus caminhos, sempre a procura de madeira, papelão, sisal de amarração de gesso, entre outros.
16 – O cupim bebe água? Não, o cupim retira a umidade da madeira que esta consumindo, mesmo que tenham menos de 30% de umidade.
17 – Quando encontramos montinhos de farelos (grânulos) de madeira é cupim? Esse farelo é chamado de “pó de cupim” mas tanto o Cupim como a Broca soltam os grânulos fecais. Essa é, com certeza, o maior alerta da presença desses insetos, porém, quando isso acontece é porque a colônia já esta constituída e funcionando.
18 – Como é feito o combate aos ratos? Após a inspeção da área a ser tratada, realizamos a aplicação de iscas granuladas ou iscas parafinadas (para ambientes molhados), em caixas próprias ou em locais escondidos de crianças e animais domésticos. Outro aspecto muito importante é a adoção de barreiras físicas para impedir o acesso dos ratos, como a vedação de ralos e bueiros, colocação de telas, fechar buracos, entre outros.
19 – Os produtos utilizados para eliminar os ratos são seguros? Os produtos são anticoagulantes, com substancias amargantes para os humanos e com antídotos, por isso, muito seguros.
20 – Em quanto tempo os ratos morrem? Os ratos são muito desconfiados com um novo alimento, por isso, pode levar até 3 dias para comer a isca mas após a ingestão, os mesmos morrem por hemorragia interna, perdendo líquidos em até 6 dias. Normalmente quando se sentem doentes, procuram um abrigo para fugir de predadores.
21 – Como é feito o tratamento contra carrapatos e pulgas? A única opção é a pulverização (produto totalmente sem cheiro) do piso e paredes dos ambientes, dessa maneira é formada uma película que elimina os insetos e, que por causa do seu efeito residual, continua no ambiente até os ovos eclodirem eliminando assim, a próxima geração e quebrando o ciclo.
22 – O tratamento contra carrapatos e pulgas altera a rotina da casa? Sim. Antes do serviço é preciso fazer uma limpeza muito bem feita e, de preferência, aspirando toda a casa. Na hora da execução deve-se retirar as crianças, pessoas muito alérgicas, idosos e animais domésticos do ambiente por um período de 6 horas. Após a dedetização, evite lavar e passar panos úmidos nos locais por um período mínimo de 15 dias, é muito importante também, levar o animal ao veterinário para tratamento e acompanhamento.
23 – Que mal causa a picada de carrapatos e pulgas em humanos? Carrapatos – Febre maculosa, babesiose e erliquiose. São consideradas doenças agudas.Pulgas – Tifo, doenças bacterianas, como peste bubônica, tularemia e salmoneloses.
24 – A minha casa é limpa, então não tem carrapatos e pulgas? Infelizmente produtos de limpeza não exterminam o carrapato e nem a pulga. O ideal é usarmos produtos específicos, tanto para o animal (preventivo ou para eliminação de foco) como nos ambientes.
25 – Usei produto contra carrapatos no meu cachorrinho, mas porque eles estão reaparecendo após 15 dias? Os carrapatos que estão aparecendo não são os mesmos que estavam no animal antes do tratamento. Todos os dias, tendo condições climáticas favoráveis, novos parasitas sairão dos esconderijos e procurarão o hospedeiro. Portanto, para um controle efetivo dos carrapatos, é importante tratar tanto o animal quanto o ambiente.
26 – Que mal causa as picadas de carrapatos no meu cachorrinho? Com as infestações, nosso amigo pode ficar anêmico. Isso porque, além de se alimentar do sangue, o parasita transmite doenças que atacam os glóbulos vermelhos e brancos.
27 – A pulgas só vivem no animal? Não, o ciclo de vida deste parasita possui quatro fases: ovo, larva, pupa e adulta. A fase que vemos no cachorro e no gato é apenas a adulta, que representa 5% da infestação. As formas jovens são as 95% restantes e estão no ambiente onde o animal vive.
28 – É verdade que a pulga transmite um verme? Sim, a pulga é o hospedeiro intermediário do verme Dipylidium caninum, que além de acometer o cachorro e o gato, pode acometer o homem, causando a zoonose Dipilidiose.
29 – Qual o risco de se conviver com as aranhas do ambiente doméstico urbano? Normalmente as pequenas aranhas domésticas não representam risco, mas como é muito difícil para um leigo identificar as espécies e as suas teias causam muito incômodo, realizamos o tratamento para eliminarmos.
30 – Como é feita a dedetização contra aranha? Pulverizamos com um produto totalmente sem cheiro os locais preferidos das aranhas, como quinas de teto, paredes e atrás de alguns móveis.
31 – Quais os tipos de Traça que existe no ambiente urbano? Traças de livro e roupa – não apresentam asas, são de tamanho pequeno a médio (0,85 a 1,3 cm), corpo alongado e achatado, tem coloração cinza prateada. Alimentam-se de produtos como papel, capas de livros (papelão), papel de parede, roupas e tecidos. De hábito noturno, vivem preferencialmente em ambientes escuros e úmidos.Traças de alimentos – encontradas em grãos, farinhas e derivados, cereais matinais, biscoitos, chocolates, entre outros. As traças destacam-se como pragas importantes, pois se desenvolvem em alimentos, destruindo-os e contaminando-os com suas fezes.
32 – Como é feito o controle das traças? A única opção é a pulverização (produto totalmente sem cheiro) nos rodapés, prateleiras, paredes, atrás de portas, estantes de livros e guarda roupas. Dessa maneira é formada uma película que elimina os insetos e que por causa do seu efeito residual, continua no ambiente matando por muito tempo.
33 – Meu filho foi picado por uma lacraia, o que devo fazer? Aconselhamos procurar atendimento médico, mas lembramos que, a toxidade do veneno da lacraia é baixo. Normalmente a picada só causa dor forte e edema (inchaço) no local. O risco se restringe a pessoas muito debilitadas ou crianças pequenas.
34 – Como faço para evitar as lacraias em casa? As lacraias gostam muito de frestas, umidade e locais com entulho, por isso, cuide dos muros, calçamentos, ralos e rodapés de cozinha e banheiro, para que os mesmos não fiquem com frestas e sirvam de morada para as lacrais. E mantenha os ambientes sempre limpos e arrumados.