Conheça nosso Blog
Publicado em 30 de agosto de 2017

O poder da dedetização no controle de pragas urbanas

Baratas, moscas, mosquitos, ratos e cupins são popularmente conhecidos como pragas urbanas. Na verdade, o termo “pragas” refere-se aos animais sinantrópicos (seres não domesticados que aprenderam a conviver com o homem). Na busca por água, alimento e abrigo, esses animais acabam deixando vestígios que trazem complicações à saúde, como leptospirose, criptococose e febre tifóide. Nesse contexto, a busca pela dedetização no controle de pragas urbanas acaba se tornando fundamental. Para compreender melhor como se dá esse combate, confira, a seguir, o papel da dedetização no controle de pragas urbanas!

Veja como é feita a dedetização de pragas urbanas

Ações da dedetização no controle de pragas urbanas.

Baratas

Atualmente, encontramos no mercado três substâncias principais utilizadas na dedetização de baratas: gel, pó e líquido para pulverização. Por não apresentar cheiro nem comprometer o oxigênio de ambientes fechados, o tratamento contra baratas permite que as pessoas fiquem em casa durante a aplicação dos produtos nos focos de infestação. Em sua maioria, são ambientes escuros, úmidos e próximos aos alimentos.

Moscas

Por meio da luz ultravioleta as moscas são atraídas para uma placa adesiva, onde morrem. Essas estruturas adesivas ficam posicionadas em locais de maior incidência de insetos e afastadas do contato humano. Além disso, a luz ultravioleta esteriliza os insetos mortos, neutralizando substâncias contaminantes e odores.

Mosquitos

A dedetização de mosquitos é feita a partir de armadilhas que atraem as fêmeas. Seguindo o mesmo princípio da dedetização de moscas, nesse procedimento são empregadas placas adesivas que prendem a fêmea do mosquito antes que ela comece a depositar os ovos. Uma fêmea eliminada corresponde a vinte mosquitos que deixam de nascer.

Ratos

O recolhimento dos restos de alimentos e de entulhos é uma das principais formas de se combater a proliferação dos ratos. No entanto, há casos em que a ação de ratos não consegue ser impedida com os métodos convencionais, sendo necessária a desratização. Nesse procedimento, o roedor ingere raticidas que o secam e inibem o cheiro da sua decomposição. A vantagem é que o produto funciona tanto em tempo chuvoso quanto seco.

Cupins

A dedetização de cupins ou descupinização é feita com inseticidas combinados a solventes orgânicos desodorizados. Podem ser injetados, pincelados ou pulverizados. O tipo de descupinização varia de acordo com o local e a gravidade da infestação. Os procedimentos mais comuns são:

descupinização com barreira química – dedetização de cupins que combate as infestações subterrâneas;

descupinização em madeiramento – injeta-se inseticidas em pontos estratégico na madeira onde há a infestação de cupins, de modo que o madeiramento seja preservado;

descupinização com tratamento de conduítes – é feito um bloqueio com pó químico nas passagens dos cupins pelo conduíte;

descupinização localizada – nesse esquema, os focos são tratados de forma separada, aplicando-se o cupinicida nos locais que mais foram afetados pela ação dos cupins.

Normas de segurança para o serviço de dedetização

Apesar do serviço de dedetização ser uma técnica para eliminar insetos, ele precisa respeitar certas normas de segurança para que possa ser executado de maneira correta. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) cuida da regulamentação da dedetização no Brasil por meio da RDC nº 52/2009, que objetiva garantir a qualidade e a segurança do serviço de dedetização, de modo que reduza o impacto no meio ambiente, na saúde do consumidor e em quem aplicar o produto tóxico.

A seguir, listamos alguns procedimentos de segurança que precisam ser respeitados antes de se executar o serviço de dedetização.

Condições para o funcionamento

A empresa que fornece o serviço de dedetização pode atuar em qualquer cidade, desde que respeite a Legislação Municipal e esteja licenciada. Em municípios sem zoneamento, não é permitida sua localização em áreas residenciais. Também é necessário que a dedetizadora esteja capacitada para fazer o transporte dos materiais tóxicos e para proteger tanto o trabalhador, quanto o meio ambiente.

Para executar a dedetização e a descupinização, a empresa dedetizadora deve estar atenta a alguns cuidados, a fim de que o impacto ambiental seja minimizado. Por exemplo, o profissional que faz a dedetização não pode deixar que a água seja contaminada em regiões onde o lençol freático é muito próximo ao solo.

Funcionários da empresa de dedetização

A empresa de dedetização precisa formar uma equipe com funcionários capacitados para a aplicação dos produtos tóxicos. Além disso, Toda empresa dedetizadora deve ter um responsável técnico legalmente habilitado para executar funções relacionadas aos serviços de dedetização. Esse funcionário pode ser formado em biologia, química, farmácia ou medicina veterinária.
Devido ao contato com materiais químicos, menores não podem ser contratados como funcionários, nem sequer como aprendizes.

Equipamentos e produtos

Pulverizadores, termonebulizadores, seringas, iscas, porta iscas e armadilhas luminosas são alguns dos equipamentos utilizados para execução do serviço de dedetização. É claro, os itens de segurança também não podem ser esquecidos. São eles: máscaras, luvas e óculos.

Com relação aos produtos dedetizantes, suas embalagens devem estar devidamente rotuladas com o recibo da execução do serviço. Após a dedetização, o funcionário deve devolver as embalagens à empresa em que ele trabalha, a fim de que ela tome providências necessárias para que os resíduos tóxicos não contaminem o solo e os lençóis freáticos.

Manuseio dos produtos

Embalagens vazias, que serão utilizadas futuramente, deverão ser armazenadas limpas. As que não puderem ser reutilizadas, precisarão ser destruídas por incineração ou por processamento no forno de clínquer (forno feito da mistura entre calcário, argila, silício, alumínio e ferro). Quanto ao transporte de praguicidas, ele só poderá ser feito por meio de veículos exclusivos da empresa, com compartimentos que impeçam o contato entre o material e os passageiros. O manuseio dos produtos só poderá ser feito por funcionários treinados, identificados, uniformizados e portando equipamentos de proteção individual.

Divulgação do serviço de dedetização

O serviço de dedetização pode ser divulgado por meio de panfletos, cartazes e folhetos informativos. Mobiliário urbano, busdoor e sites são alternativas que precisam de um pouco mais de investimento financeiro. Embora, haja esse conjunto de veículos de comunicação, deve-se ficar atento ao modo como a publicidade será veiculada nas diferentes mídias. Por exemplo, é vedada a utilização de um nome fantasia que não esteja registado no contrato social, assim como qualquer alusão a um produto que não cumpra com o que é prometido nas especificações técnicas da embalagem. A dedetizadora também não pode divulgar métodos de aplicação do produto que não sejam comprovados cientificamente. Além disso, as empresas de dedetização devem informar, em suas publicidades, o número de Licença de Funcionamento do negócio, que é geralmente fornecido por uma autoridade estadual ou municipal.

O papel social da dedetização no controle de pragas urbanas

Em virtude da infinidade de doenças trazidas por insetos e roedores, é inquestionável o poder da dedetização no controle de pragas urbanas. O que muitos não sabem é que o tratamento contra pragas também pode ser usado de forma preventiva. Isso impede que seres indesejados encontrem ambientes favoráveis à procriação.

O papel da dedetização no controle de pragas urbanas vai muito além do âmbito doméstico. É  uma medida de forte impacto social. Pode-se dizer que a dedetização é um dos principais agentes de combate às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, como a dengue, chikungunya, vírus Zika e febre amarela.

Consciente dos impactos que a sua atuação traz ao meio ambiente, a Insect Bye investe constantemente em produtos de boa procedência. Também em práticas sustentáveis e treinamentos de seus profissionais. Essa política é tão forte que a dedetizadora recebeu o Selo Proteção Bayer, o qual indica que a Insect Bye está apta para atender seus clientes no RJ, oferecendo ambiente limpo, saudável e livre de pragas urbanas.

A fim de saber mais sobre o poder da dedetização no controle de pragas urbanas? Fique atento aos posts e artigos da Insect Bye! Sempre compartilhamos novidades relacionadas ao combate dos seres que trazem prejuízos para você.

CategoriasPosts RecentesTags