Conheça nosso Blog
insetos venenosos no brasil
Publicado em 01 de novembro de 2017

Insetos venenosos do Brasil: conheça os principais

Os insetos representam cerca de três quartos de toda a vida animal. O Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo e, consequentemente, a concentração de espécies de insetos aqui é maior. Ainda que sejam muito importantes para a cadeia alimentar e indispensáveis para o bom funcionamento dos ecossistemas, existem diversas espécies de insetos venenosos extremamente nocivos para a vida humana e de outros animais, por serem responsáveis pela transmissão de doenças e pragas, por vezes muito graves e que podem levar à morte.

Para que você conheça mais sobre essa classe do reino animal, a Insect Bye preparou esse artigo com algumas espécies de insetos venenosos comuns no Brasil. Dessa forma, além de aumentar o seu conhecimento, você poderá saber o que fazer caso seja picado e, mais importante, aprender a se prevenir contra esses seres nocivos. Confira!

6 insetos venenosos do Brasil

Lonomia obliquoa (Taturana)

primeira opção de insetos venenosos

Essa espécie possui o corpo coberto de espinhos, que soltam um poderoso veneno. É um dos insetos venenosos mais perigosos do Brasil, muito comum nas regiões Sul e Sudeste. As picadas acontecem por meio das cerdas espinhosas, que se quebram ao entrar em contato com a pele, liberando um líquido urticante que causa queimaduras, dor intensa e manchas na pele. Em casos mais graves pode haver insuficiência renal aguda e hemorragias intensas, já que o veneno possui substâncias que inibem coagulação.

Aedes aegypti

segunda opção de insetos venenosos

Os mosquitos são os insetos venenosos mais perigosos do planeta. São responsáveis por cerca de um milhão de mortes a cada ano e pela transmissão de diversas doenças perigosas. No Brasil, o Aedes Aegypti é um dos mosquitos mais conhecidos, sendo responsável pela transmissão de doenças como febre amarela, dengue e zika. Essas são doenças epidêmicas, muito comuns em épocas de calor e chuva, que podem ter sintomas como febre, manchas e dor no corpo e, em casos mais graves, podem levar a vítima à morte.

Vespa-mandarina

terceira opção de insetos venenosos

Um dos maiores insetos venenosos do mundo, a vespa-mandarina mede entre cinco e seis centímetros e mata mais humanos do que qualquer outro animal peçonhento. Somente o seu ferrão mede cerca de um centímetro e 30 vespas-mandarinas juntas são capazes de destruir uma colméia de 30 mil abelhas em poucos minutos. Essa espécie de vespa injeta em suas vítimas um veneno com, pelo menos, nove substâncias nocivas, que causam dor, inchaço e atraem outras vespas para ajudar no ataque. O veneno é muito parecido com o das abelhas, mas é liberado em quantidades maiores, o que causam mais danos à saúde, podendo, até mesmo, destruir o tecido da pele humana. Diferentemente do que acontece no ataque de abelhas, o ferrão não é deixado na vítima, fazendo com que um mesmo inseto possa picar a vítima repetidas vezes.

Panstrongylus megistus e Triatoma infestans (Barbeiros)

quarta opção de insetos venenosos

É o inseto responsável pela transmissão da Doença de Chagas, uma inflamação causada por parasitas. Os babeiros são insetos venenosos mais comuns na região Norte do Brasil, principalmente em áreas mais remotas, onde as casas ainda são feitas de barro, local preferido para que eles se hospedem. Estima-se que três milhões de pessoas no país sejam portadoras da doença, que está controlada graças a ações de erradicação.

Apis mellifera

quinta opção de insetos venenosos

Conhecida como abelha-europeia, essa espécie apresenta o tórax mais escuro e é um dos insetos venenosos que, à primeira vista, podem parecer inofensivos. O que a torna perigosa para os humanos é o fato de atacarem em bando, com ferroadas que liberam uma pequena poção de veneno. Mas, como a vítima recebe, geralmente, muitas picadas ao mesmo tempo, o excesso de veneno pode causar insuficiência renal e anemia aguda. As pessoas alérgicas podem, ainda, desenvolver reações mais intensas, que podem resultar em um choque anafilático e levar à morte.

Formiga-lava-pés

sexta opção de insetos venenosos

A formiga-lava-pés é considerada um dos insetos venenosos invasores mais comuns no Brasil e em diversos países do mundo. Ela tem a capacidade de se deslocar entre os países e, por isso, se espalhou rapidamente pelos cinco continentes. Existem cerca de 285 espécies diferentes dessa formiga pelo mundo e, as mais agressivas, provocam picadas dolorosas em humanos e animais. O veneno da formiga-lava-pés pode causar vários problemas de pele, principalmente em pessoas alérgicas, que podem sofrer choque anafilático.

Caso você seja vítima da picada de algum desses insetos venenosos, o ideal é manter a calma, lavar a região picada com água e sabão e procurar um posto médico imediatamente. Gelo pode ser útil para aliviar a dor e a coceira, assim como vaselina ou creme hidratante. Evite coçar a região e usar pomadas antialérgicas.

A melhor solução é, sem dúvida, a prevenção contra a proliferação de insetos venenosos. Algumas medidas como usar telas nas janelas e repelentes podem ser úteis, mas, a solução para evitar infestação de insetos e pragas urbanas é, sem dúvida, a dedetização. Por meio da ação de uma dedetizadora de confiança, ações efetivas são tomadas para a eliminação de mosquitos, baratas e demais insetos que podem ser venenosos e transmissores de doenças para você e sua família.

Se você busca por uma dedetizadora no RJ que conte com profissionais qualificados para realizar um serviço com segurança, entre em contato com a Insect Bye! Trabalhamos há 20 anos realizando serviços que atendam às necessidades dos nossos clientes, contribuindo para a sua saúde, sempre com comprometimento e responsabilidade ambiental. Conheça os nossos serviços e peça um orçamento!

Links úteis:
dedetização RJ
descupinização

CategoriasPosts RecentesTags