Conheça nosso Blog
Dicas para se livrar de insetos no verão.
Publicado em 03 de novembro de 2014

Aprenda a se livrar dos insetos nesse verão!

O verão é uma das estações mais desejadas do ano. Entretanto, nessa época, junto com o sol, a praia e o céu azul, aparece outro fator não tão desejado assim – os insetos. Durante o verão é comum a proliferação dos mais diversos tipos de insetos, já que o aumento da umidade do ar e as altas temperaturas favorecem as atividades reprodutivas desses bichos.

Ocorre que além de um incômodo, muitos insetos são vetores de doenças e, portanto, significam um grande risco à saúde. Para evitar essas pragas, manter a casa limpa é muito importante, mas não o suficiente. A dedetização é a forma mais eficaz de eliminar todas as desagradáveis espécies. Entretanto, existem pequenos truques que você adotar para manter a situação sob controle até a realização da dedetização. Veja a seguir as principais medidas que você pode tomar para lidar com as infestações.

Como lidar com insetos no verão

Baratas

Existem dois tipos de baratas que podem ser encontradas em casa: a “barata de esgoto” e a “barata francesinha”.

A barata de esgoto é grande, escura e voadora e, como o nome sugere, escondem-se em esgotos e fossas. Elas costumam entrar nas casas durante a noite, atraídas pela luz, em busca de restos de comida. Por isso, é recomendável nunca deixar louça suja na pia de um dia para outro e panelas com comida sobre o fogão. Para evitar a entrada das voadoras na sua casa neste período do ano, feche as janelas ao anoitecer ou use telas mosquiteiras. Elas também podem entrar pelos ralos dos banheiros e cozinhas e, nesse caso, o ideal é providenciar a limpeza de esgotos, caixas de gordura e fossas, pois são nesses lugares que elas ficam abrigadas e põem os ovos.

Por outro lado, a barata francesinha cria-se nos lares, dentro de armários e depósitos. Para acabar com francesinhas é indicada a dedetização específica, que deve ser realizada periodicamente.

Mosquitos e pernilongos

No caso dos mosquitos e pernilongos, a incidência aumenta porque, com as chuvas, cresce o número de criadouros e a temperatura elevada acelera o ciclo de desenvolvimento. Para evitar que entrem na sua casa, é bom adotar o hábito de fechar a janela ao anoitecer. Entretanto, se esses insetos já estiverem dentro da sua residência, uma boa saída emergencial é o uso de aparelhos elétricos (pastilha ou líquido), aerossol ou velas de citronela ou andiroba. Contudo, vale ressaltar que todos esses métodos são paliativos, pois não matam o mosquito e tampouco acabam com as infestações – eles apenas liberam odores que confundem a fêmea dos mosquitos (os machos não chupam sangue), que não consegue perceber o odor que o humano elimina naturalmente pela pele e a atrai.

Além disso, para prevenir a proliferação de mosquitos vetores de doenças, como o mosquito da dengue, deve-se evitar água acumulada em pratos de vasos, pneus, além de outros recipientes, assim como manter a caixa d´água bem fechada.

Formigas

Também é muito comum durante o verão o aparecimento de formigas, que se abrigam em frestas de azulejos, armários e prateleiras. Uma forma de combatê-la é criar uma barreira de detergente ou óleo. Outra opção para amenizar o problema é identificar onde fica o formigueiro e colocar cravos-da-índia nas proximidades. Entretanto, as formigas são muito difíceis de exterminar por completo, por isso, mantenha sempre os alimentos cobertos e fechados.

Cupins

Mesmo nas casas mais limpas, é comum a entrada de cupins alados (também conhecidos como “cupins de lâmpada”, “siriri”, “sarará” ou “aleluias”), especialmente nas noites bem quentes e úmidas. Como paliativo é possível colocar querosene nos pontos ondes há indícios do inseto ou, na hipótese deles entrarem na sua casa, posicionar uma bacia com água embaixo da lâmpada para atraí-los. Entretanto, para liquidá-los, a dedetização é o melhor caminho.

Proteja a sua casa nesse verão! Chame a Insect Bye, empresa que oferece o melhor serviço de dedetização RJ.

Links úteis:

dedetizadora;

descupinização;

desratização.

CategoriasPosts RecentesTags