lesma, caramujo e caracol
Publicado em 09 de julho de 2018

Diferenças entre lesma, caramujo e caracol

Lesmas, caracóis e caramujos são moluscos da classe dos gastrópodes. Os três animais têm uma aparência semelhante . Geralmente, muitas pessoas não conseguem identificar de imediato de qual molusco se trata. Mesmo sendo tão parecidos, há algumas diferenças entre lesma, caramujo e caracol.

Neste artigo, a Insect Bye apresenta as características de cada molusco e as diferenças entre eles. Confira, a seguir.

Características do caramujo e caracol

Os caramujos e os caracóis possuem a mesma estrutura do corpo: uma cabeça com quatro tentáculos (dois que são seus olhos e outros dois servem como tato e olfato), massa visceral envolvida pela concha (onde ficam os órgãos internos) e pé (onde se localiza a boca e órgãos sensoriais).

A concha em cima do corpo desses animais, chamada protoconcha, é o exoesqueleto que nasce junto dos moluscos e vai crescendo conforme o animal vira adulto. Uma glândula, chamada manto, se forma no interior da concha e deixa que o animal se retraia para dentro dela.

A maioria das espécies de caramujo e caracol são hermafroditas, ou seja, possuem os dois órgãos reprodutores (masculino e feminino). Entretanto, os moluscos precisam de um companheiro para se reproduzirem. A fecundação ocorre em ambos os animais e formam-se ovos no interior deles.

Caramujo

Diferença entre caramujo e caracol

Embora sejam de espécies diferentes, caramujo e caracol têm basicamente a mesma aparência: corpo mole coberto por uma concha dura. Os caramujos vivem no mar e respiram por meio de brânquias (sistema respiratório dos peixes). Suas protoconchas são mais resistentes e adaptadas à pressão das águas dos oceanos.

A espécie mais famosa é a do caramujo-gigante-africano, porém esse animal é um molusco terrestre e sua denominação está errada, pois caramujos são típicos de ambientes aquáticos. Eles podem atingir até 18 cm de comprimento e a velocidade máxima é de 16,5 centímetros por minuto.

Caramujos são considerados pragas urbanas por preferirem hortas e pomares como habitat natural, além de destruírem plantações de cultivo de verduras e legumes. Eles também trasmitem doenças aos seres humanos e devem ser evitados em quintais e jardins de residências.

Caracol

aprendendo sobre caramujo e caracol

Uma diferença entre caramujo e caracol é que a protoconcha do caracol é bem mais frágil que a do caramujo, e é adaptada à superfície terrestre. Os caracóis respiram pelos pulmões e são encontrados durante à noite em solos úmidos.

Assim como os caramujos, os caracóis se rastejam com o auxílio de um tipo de muco que expulsam na parte inferior de seus corpos. Eles se alimentam de frutas, plantas e, em alguns casos, de minhocas e outros caracóis menores.

Lesma

lesma é igual caramujo e caracol?

A principal diferença da lesma para as espécies de caramujo e caracol é que ela não possui uma concha externa ou, se tiver, é uma concha muito pequena que fica embaixo da sua pele. As lesmas podem viver na terra e no mar e geralmente são encontradas nos solos e vegetações, infestando e destruindo jardins e hortas.

Por não possuírem protoconcha, as lesmas são facilmente devoradas por predadores e possuem pouca proteção contra o clima. Sua pele é muito fina e permeável, por isso, muitas pessoas jogam sal nelas para que o produto sugue a água existente no seu corpo. As lesmas perdem líquido e morrem de desidratação.

Livre-se de lesmas, caramujos e caracóis com a Insect Bye!

Já vimos em um artigo anterior como acabar com as lesmas e se você deseja exterminar também algum caramujo e caracol do seu quintal, é só contar com a Insect Bye!

Somos uma empresa dedetizadora do Rio de Janeiro que atua com controle de pragas. Trabalhamos com descupinização, desratização e extermínio de outros insetos e animais que invadem casas, indústrias e comércios. Entre em contato conosco e saiba como poderemos lhe ajudar!